Você sabia que a queda é um dos acidentes domésticos com idosos mais comuns?

Os acidentes domésticos podem acontecer com qualquer um.

Mas uma reportagem mostra que os números para as pessoas que chegaram na terceira idade, são maiores.

Apesar dos grandes riscos envolvidos nos acidentes, eles são totalmente evitáveis.

Nossa sociedade está se tornando cada ano mais velho e novas tecnologias e soluções surgem para que os idosos tenham mais liberdade.

Dessa forma, no artigo de hoje iremos dar diversas dicas de como evitar acidentes domésticos com idosos.

Evite tapetes

Por mais inofensivos que parecem, os tapetes trazem um grande perigo, quem nunca já escorregou em um?

Pois é, todo mundo já escorreu ou tropeçou em um tapete, por isso, é importante evitar os riscos que eles podem trazer.

Então para evitar os riscos desse acidente, procure retirar os tapetes de casa, porém, caso o gosto por tapetes seja grande, pregue-os no chão ou coloque em baixo deles algo antiderrapante.

Organize o Armário

Em muitas casas as vasilhas, potes e panelas ficam guardadas no topo do armário.

Ela é usadas frequentemente, para colocar ou guardar alimentos, e por serem usadas assim, a todo momento será preciso ir pegar.

Assim, coloca-se uma cadeira perto do armário, para alcançar outras alturas.

Já ouviu falar de alguém que caiu assim?

Muitos acidentes domésticos com idosos acontecem desse jeito.

+ Veja também: Qual a verdadeira importância do sono na terceira idade?

Por isso, o ideal aqui é organizar o armário de uma melhor forma, busque evitar colocar esses objetos em lugares altos.

Principalmente aqueles que são mais usados, além de ficarem mais fáceis de pegar, se previne acidentes muito perigosos.

Opte por espaços abertos

Acidentes domésticos com idosos também acontecem quando muitos objetos são deixados espalhados pela casa.

Os riscos aqui são escorregar, tropeçar e cair, por isso, busque definir locais para colocar as coisas que foram usadas.

Assim, toda vez que for utilizado ela será colocada novamente no mesmo lugar.

Além disso, diminua os imóveis ou procure organizar melhor eles, para que a casa tenha mais espaço para se movimentar, sem riscos de bater em qualquer objeto e uma maior mobilidade.

Cuidados com o quarto

Os quartos também precisam de adaptações para que acidentes domésticos com idosos diminua.

São detalhes, mas que fazem grandes diferenças.

Pense que a melhor altura da cama é aquela em que se consegue sentar e continuar com os pés no chão.

Outro detalhe é que a cama deve estar perto de algum interruptor de luz, e não precisa ser necessariamente aquele o que liga as luzes do quarto, um abajur já resolve.

Coloque Barras de Apoio

As barras de apoio são ideias para dar mais liberdade e segurança para os idosos, eles possuem diversas vantagens.

Eles podem ser instalados em todos os lugares da casa.

Ao colocar nos quartos, perto da cama, é mais seguro para se levantar da cama.

Dentro de casa e nos corredores, fica mais fácil e seguro a locomoção, além de incentivar pequenas caminhadas.

No banheiro colocado perto do vaso, o idoso consegue sentar e levantar com maior tranquilidade e com menos riscos.

Adapte o Banheiro

Os banheiros geralmente é um local que também se tem uma grande preocupação, por ter muitas vezes pequenos espaços e sua umidade.

Algumas adaptações são necessárias e elas são fáceis de serem feitas.

Assim se garante uma diminuição nos acidentes domésticos com idosos.

O primeiro ponto a ter atenção é o vaso, ele precisa ser alto para que seja mais fácil de sentar.

Dessa forma, é preciso fazer uma base de alvenaria ou colocar um elevador de vaso, que é simples, já que é só encaixar no vaso e está pronto.

Como já mencionado anteriormente, as barras de apoio também são essenciais para que se possa sentar e levantar com mais segurança.

A segundo ponto a ter atenção é dentro do box. Dentro dele pode ser instalado as barras de apoio e ter uma cadeira de banho sempre preparada.

Por fim, vale ressaltar sobre a instalação de pisos antiderrapantes e foscos, eles evitam os riscos de escorregamento e quedas.

Acompanhante de Idosos

A profissão de cuidador de idosos é uma das que mais crescem nos últimos anos.

O cuidador de idosos vem como um grande aliado para ajudar em tarefas rotineiras e hospitalares, como horário de remédios.

O acompanhante está ali para auxiliar e trazer mais liberdade para o idoso, como incentivar a fazer atividades, como caminhar.

Além disso, os cuidados de idosos está ali para conversar, estar presente e ser um amigo para falar o que pensa e sente.

O acompanhante precisa ter paciência e empatia, ser maior de 18 anos para exercer a profissão e ter um curso com qualificação na área, foi aprovado esse ano a lei que regulamenta a profissão.

Assim, a profissional desta área existe para prevenir que acidentes domésticos com idosos aconteçam.