Sabia que hoje a acessibilidade no turismo está cada vez mais em pauta para a criação de pacotes melhores para todos?

Principalmente no Brasil, o turismo na terceiro idade só vem crescendo, e isso se dá por diversos fatores.

Enquanto a população está entrando na terceira idade, mais surge o interesse de aproveitar esses anos de ouro.

Com mais tempo e disponibilidade em mãos, pessoas na terceira idade movimentam a economia.

Mas, será que é realmente possível viajar com segurança?

Tem acessibilidade no turismo para a terceira idade mesmo?

Este artigo irá responder essas perguntas e mostrar que é possível realizar uma viagem inesquecível.

O Turismo na Terceira Idade

Pensar em sair do conforto e segurança de casa e se aventurar pode até causar um certo desconforto.

Porém, existem diversas vantagens para tomar essa decisão transformadora.

A Embratur ou o Instituto Brasileiro de Turismo tem conhecimento sobre a Política Nacional do Idoso (Lei 8.842/94), isso é traz diversas vantagens.

Por causa dessa lei, diversos estabelecimentos que recebem turistas, como hotéis, restaurantes, bares, começaram a receber treinamentos.

Para que assim, você pudesse ser melhor recebido.

Além disso, a infraestrutura, como estacionamentos, rampas, elevadores e até acomodações mais confortáveis, atendendo os desejos de demanda, foram atualizados.

A acessibilidade no turismo, se aproxima cada vez mais de todos, tornando o turismo mais inclusivo.

Apesar de saber tudo isso, você ainda pode estar se perguntando se vale a pena, por isso, vamos falar agora sobre…

As Vantagens do Turismo na Terceira Idade

Diferentes de ter posse de coisas materiais, as viagens têm em sua constituição uma coisa muito especial… Ser única.

Nenhuma viagem é igual a outra e, cada uma delas possui uma história e uma memória.

Qual viajem você lembra que foi especial?

Sair de casa e conhecer outras coisas, tem um impacto maior em sua vida, do que simplesmente comprar algo.

Assim, vamos listar algumas vantagens de viajar:

Viajar nos faz mais felizes

A Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, fez um estudo que conseguiu demonstrar que as experiências que temos nos deixam mais felizes do que bens materiais.

E umas das melhores opções de se ter novas experiências, é se dar o presente de viajar.

Então, conhecer novos lugares e inclusive voltar em locais que possuem memórias, são oportunidades de viver bons momentos.

Viajar afia a memória

Antigamente se pensava que depois dos 24 anos, o cérebro não formava mais neurônios.

Hoje em dia, sabe-se que essa informação está errada, como também, é possível ainda formar novos neurônios.

Ao viajar, se estimula muito o cérebro, despertando imaginação e emoções, fazendo com que assim, mais laços sejam criados no cérebro.

O ser humano lembra de coisas pela importância que aquilo teve em sua vida e pela assimilação das informações.

Quando se está viajando forma-se outras assimilações, que transformam ou reforçam as antigas!

Revitaliza sua saúde emocional

Assim como melhora a memória, o ato de ter novas experiências, contando com a acessibilidade no turismo dos nossos tempos, o ato de viajar traz outros benefícios.

Ao se permitir viajar você melhora a sua autoestima e autoconfiança.

Apenas essa ação irá trazer para o poder, sensações que talvez esteja guardado.

Amplia os relacionamentos

Estamos no século onde a depressão é a doença que mais afeta as pessoas.

E isso não muda no caso de idosos, o isolamento social acaba acontecendo e isso por diversos motivos, podem desenvolver a depressão.

Dessa forma, uma das formas de combater o isolamento, ou, através de conexões com outras pessoas, alguns usam as redes sociais que certamente ajudam.

Porém, nada substitui o contato físico com outras pessoas, realizar uma viagem turística é uma perfeita possibilidade para conhecer outras pessoas, com outras culturas e aumentar a rede de conhecidos.

E essas vantagens se fortalecem também quando você leva nessa viagem outras pessoas consigo, sejam familiares ou ir com um grupo de amigos.

Há pacotes que fazem que a acessibilidade no turismo para a terceira idade seja mais atrativa, dê uma pesquisada.

Turismo em Uberlândia

A cidade mais conhecida do triângulo mineiro, Uberlândia, traz em sua infraestrutura acessibilidade no turismo para a terceira idade.

A cidade possui diversos hotéis e restaurantes que garantem facilidade, como também diversos pontos históricos que podem ser conhecidos.

Tendo em sua constituição uma cultura forte no artesanato, na música e no teatro, ao longo da cidade é possível se deslumbrar com construções antigas e conservadas.

Dessa forma, caso você esteja em Uberlândia, temos alguns pontos especiais para incentivar você a ver:

  • Museu Municipal: Possuindo uma arquitetura linda em um estilo romano neolatino, o museu nasceu com o intuito de ser a sede do poder legislativo da cidade, possui um acervo histórico de documentos e equipamentos usados na idade da época que foi construído;
  • Represa de Miranda: Uma linda extensão d’água de 50 quilômetros quadrados que é cercada por diversas chácaras e clubes;
  • Museu do Índio: O museu foi criado para manter as memórias e cultura do povo indígeno da região;
  • Mercado Municipal: No mercado municipal você vai encontrar comidas típicas da região, como queijos, doces e uma grande variedade de outros produtos para você se deliciar.

Conclusão

A acessibilidade no turismo permite que qualquer pessoa possa sair de casa e ter a hipótese de vivenciar uma boa experiência.

Dessa forma, respirando novos ares e aproveitando o melhor que a vida pode dar.

Ficou animado para viajar e ter novas experiências?

A acessibilidade no turismo já foi percebida em alguma viagem que você já fez? Conte para suas experiências.